SITE KIT- Institucional

Arteriais


Trombose

avc_tromboseTrombose é a formação de um trombo (coágulo de sangue) no interior de um vaso sanguíneo. Tromboembolia seria o termo usado para descrever tanto a trombose quanto sua complicação que seria o embolismo.
Às vezes pode ocorrer em uma veia situada na superfície do corpo, logo abaixo da pele. Nesse caso é chamada de tromboflebite superficial ou simplesmente tromboflebite ou flebite.






Aneurisma

thumb.php

Um aneurisma é uma dilatação vascular de uma artéria, podendo ocorrer em basicamente qualquer artéria. Seu perigo está no fato de poder romper-se ou trombosar, provocando isquemia dos tecidos irrigados pela artéria atingida.









Estenoses

27579WEstenose é um estreitamento anormal de um vaso sanguíneo, outro órgão ou estrutura tubular do corpo.
As estenoses do tipo vascular são freqüentemente associadas com ruídos resultantes do fluxo sanguíneo no vaso sanguíneo estreitado. Tal ruído pode ser audível por um estetoscópio.
A estenose também pode ocorrer em órgãos do corpo, como na vagina (estenose vaginal), em virtude de um trauma acidental ou por falta de manutenção desta (pouca dilatação mecânica com dilatadores vaginais) durante o período pós-cirúrgico em uma vaginoplastia. Em casos graves, pode ocorrer seu fechamento total, ocasionando a perda do órgão.



 

 

Endovascular

botao-cirurgia-endovascularA cirurgia endovascular alcança o local acometido por punções - penetracão de uma agulha de menos de 3 mm - de artérias ou veias em local superficial. Através deste pequeno furo na pele, se posicionam cateteres (tubos ocos de material plástico), fios guias (fios de metal ou outros materiais que funcionam como trilhos para os cateteres), balões para dilatação, stents (dispositivos metálicos que são posicionados dentro dos vasos para os manterem com o interior - lúmen - aberto. Desta forma, para se tratar um vaso no abdome ou no tórax, realiza-se a punção com uma agulha de um vaso à distância, usualmente na virilha ou no braço.




Estenose de Carótidas



Estreitamento ou restrição das artérias carótidas interna, comum ou externa, mais freqüente como resultado da formação de placas ateroscleróticas. As ulcerações podem se formar nas placas ateroscleróticas e induzir a formação de trombos. Êmbolos de colesterol ou plaquetas podem surgir de lesões carótidas estenóticas e induzir ataque isquêmico transitório ou acidente cerebrovascular. Os êmbolos que migram para os olhos podem manifestar-se como amaurose fugaz (cegueira temporária).

4
1

2