Quer marcar uma consulta? (45) 3225-1288
Contexto: As varizes dos membros inferiores têm elevada prevalência mundial e as técnicas convencionais de tratamento têm seus resultados bem definidos há décadas. O advento de novas tecnologias nos obriga a avaliar os resultados e compará-los com métodos tradicionais.
Objetivo: Avaliar o tratamento de pacientes com varizes dos membros inferiores e insuficiência de safenas por safenectomia convencional (SF) ou ablação por radiofrequência
(RF), quanto aos sintomas pós-operatórios.
Materiais e Métodos:  Entre maio/2011 e abril/2013, foram avaliados prospectivamente 146 pacientes com varizes dos membros inferiores e insuficiência de safenas, sendo 90 por SF (G1)
e 56 por RF (G2).
Resultados: Quanto aos quesitos avaliados, o G1 evidenciou 88,61% dos pacientes com queixa de dor pós-operatória com necessidade do uso de analgésicos e o G2, 28,85% (p<0,05). A média da graduação da dor através da escala analógica – de 0 a 10 – foi de 3,91±2,13 pontos no G1 e de 1,76±3,01 pontos no G2 (p<0,05).
O período de recuperação variou de 26,63±13,3 dias para o G1 e 18,26±19,37 dias para o G2. O tempo médio até tornar-se assintomático foi 66,78±60,9 dias para G1 e 38,38±46,8 dias para G2.
Conclusão: A RF propiciou menor dor pós-operatória e recuperação mais precoce quando comparada à SF.
VEJA ARTIGO NA ÍNTEGRA!

http://www.jvascbr.com.br/15-14-01/01_jvb_20140060_PT.pdf

Entre em contato

Envie suas dúvidas ou sugestões através do formulário abaixo